"Somos como águias enjauladas; mas mesmo por detrás das grades podemos olhar os céus expansivos e extrair inspiração de uma estrela." Pensamentos para aspirantes- Sri Ram

A Iniciação


“Aquele que procura a senda não necessita de buscar nada, porque a senda não deixará de encontrar a pessoa adequada. Talvez pareça desencorajador, mas no entanto é um facto muito excitante: Não se procura nada, nem sequer a senda, nem a eminência, nem a consequência, mas sim somente dar de si aquilo  que se tem e assim a senda irá vos encontrar, então, muito bem, segui-la. Se não, pois bem, segui-vos desenvolvendo no curso natural das coisas. É muito importante insistir nisto porque há muita gente que busca um Guru, que quer ser Adepto e quer a Iniciação, tentando avançar de diferentes maneiras. Finalmente descobrirão que esta busca não acaba com o êxito. Talvez obtenham um certo êxito, mas não no sentido real.



O símile que se usa para descrever a senda é o de um caminho que vai subindo por uma montanha acima no sentido circular ascendente. A maioria da Humanidade está programada para o ir seguindo, a quarta ronda, a quinta ronda, etc. e finalmente todos chegarão ao cimo. Mas existe também a possibilidade de ascender directamente pela ladeira escarpada, não pela senda conhecida, tomando um atalho que conduz ao cimo.

Naturalmente é difícil. Se continuarmos com esse símile, o atalho directo irá cruzando com a senda, que vai dando voltas, em vários pontos e cada um desses pontos de intersecção pode considerar-se como o sinal de uma das Iniciações.

A Iniciação não está dirigida para a personalidade mas sim para o Ego que está por detrás da personalidade e que possui uma nova personalidade em cada encarnação. É uma abertura da consciência do Ego, que tem várias possibilidades no plano espiritual, mas que permanece adormecido.
Naturalmente, todas essas potências acabarão por florescer e dar fruto e é possível, mediante certas forças das quais podemos ter um conceito muito limitado, despertar esses poderes latentes.”

Sri Ram

Sagitário


Qualidade: mutável
Elemento: fogo
Princípio: activo
Regente: Júpiter



Símbolo: a flecha do arqueiro
Signo natural da Nona Casa:
Signo oposto: Gémeos

Anatomia órgãos genitais: quadris, coxas, parte superior das pernas

Frase-chave: eu compreendo
Palavra-chave: visualização

Características positivas:
Honesto
Filosófico
Amante da liberdade
Tolerante
Atlético
Generoso
Optimista
Justo
Religioso
Estudioso
Entusiástico

Características negativas:
Inclinado a discussões
Exagerado
Tagarela
Procrastinado
Auto-indulgente
Brusco
Impaciente
Jogador
Intrometido
Irascível

Escorpião


Qualidade: fixo
Elemento: água
Princípio: passivo
Regente: Plutão



Símbolo: cauda e ferrão do escorpião
Signo natural da: Oitava Casa
Signo oposto:Touro

Anatomia órgãos genitais: recto, órgãos de reprodução, bexiga

Frase-chave: eu desejo
Palavra-chave: intensidade

características positivas:
Motivado
Penetrante
Realizador
Cheio de expedientes
Determinado
Científico
Explorador
Passional
Consciente

características negativas:
Vingativo
Temperamental
Reticente
Arrogante
Violento
Sarcástico
Investigador
Desconfiado
Ciumento
Intolerante

Ignorância – O maior mal da Humanidade

"Corai, ó humanos, ébrios que sois, tendo bebido até à última gota do vinho sem mistura da doutrina da ignorância, que não mais podeis conter, mas que já estais prestes a vomitar. Deixai a embriaguez, parai!

0lhai para o alto com os olhos do coração. E se não o podeis todos, pelo menos os que o podem. Pois o mal da ignorância inunda toda a terra, corrompe a alma aprisionada no corpo, sem permitir-lhe lançar a âncora no porto de salvação. Não vos deixeis arrastar pela violência da onda, mas, aproveitando-vos da contra-corrente, vós que podeis aportar ao porto de salvação, lançai a âncora e buscai um guia que vos mostre a rota até às portas do conhecimento, onde a luz flamejante brilha, livre de toda a obscuridade, onde ninguém está embriagado, mas todos permanecem sóbrios, elevando o olhar do coração para Aquele que quer ser visto. Pois não se deixa ouvir nem descrever e não é visível para os olhos corporais, mas somente ao intelecto e ao coração.


Mas, agora, é necessário que laceres pouco a pouco a túnica que te reveste, o tecido da corrupção, o suporte da malícia, a cadeia da corrupção, a prisão tenebrosa, a morte vivente, o cadáver sensível, a tumba que levas para todos os lados contigo, o assaltante que habita em tua casa, o companheiro que pelas coisas que ama te odeia e pelas coisas que odeia, tem ciúme de ti.

Tal é o inimigo com que te revestiste como se fosse uma túnica, que te estrangula e que se atira sob ti, de modo que te impede de elevar os olhos e contemplar a beleza da verdade e o bem que nela reside; que chegues a detestar a malícia do inimigo, tendo compreendido todas as ciladas que preparou contra ti, fazendo um vazio de sentido a essas coisas que o homem pensa sentir.

Por que ele te bloqueou com uma massa de matéria, amontoados dela cheios de luxúria repugnante, assim que não podes ouvir sobre as coisas que deverias ouvir, nem ver as coisas, que Tu deverias Ver."

CORPUS HERMETICUM

Exposição de Fotografias


A não perder.
Para mais informações sobre o projecto, deixo aqui o link do blog da autora:

FOTOsophia

Próxima exposição, Coimbra dia 15 de Novembro.

Sed nomini tuo da gloriam


Lux Veritas, Magnus Rex, Pater
Alenta aqueles que se erguem firmes nas trevas.



Para ti Irmão.

Quando um dia te sentires perdido, move-te em direcção à Luz do Bem, da Verdade e da Beleza e pela mão conduz todos os teus irmãos menores. Então encontrarás a felicidade.

Ordena-te e cria a ordem.
Assim descobrirás o pequeno ponto luminoso do inicio da Senda da Vida, aquele ponto que sempre quiseste encontrar.

Com Amor
Azoth

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin