"Somos como águias enjauladas; mas mesmo por detrás das grades podemos olhar os céus expansivos e extrair inspiração de uma estrela." Pensamentos para aspirantes- Sri Ram

Preserverança

Disse um Mestre:
“ Porque procurais por Deus? Não vos canseis mais, ele está no vosso interior, procurai sim fazer com que ele se manifeste.”

Conhece-te a ti mesmo, conquista-te, supera-te e cuida a cada instante do jardim do qual és uma flor.

Está atento à vida, porque a cada instante, a cada prova que atravessas quer sofras ou sorrias, ela insiste em despertar a tua consciência adormecida para o caminho que podes percorrer conscientemente. Esta é uma Lei.

Existe um único caminho pelo qual toda a humanidade caminha. Uns vão mais à frente e outros mais atrás. Mas no final  nem um único homem ficará para trás.

Age conscientemente, guia-te pelo dever de ser Homem. Não és um animal embora o animal te tente para possuir o trono que está ocupado pela tua Humanidade.


“Assim diz o Sábio:

Por que queres abster-te da acção? Não é assim que a tua Alma conseguirá a sua liberdade. Para chegar ao Nirvana é preciso chegar ao conhecimento de Si próprio, e o conhecimento de Si próprio é filho de acções caridosas.

Tem paciência, candidato, como quem não teme falhar, nem procura triunfar. Fixa o olhar da tua Alma na estrela cujo raio és, a estrela flamejante que brilha nas profundezas sem luz do ser eterno, nos campos sem limite do desconhecido.

Tem perseverança, como aquele que tem de sofrer eternamente. As tuas sombras vivem e desaparecem; aquilo que em ti viverá para sempre, aquilo que em ti conhece (porque é o conhecimento) não é da vida transitória; é o Homem que foi, que é, e que há de ser, para quem a hora nunca soará.

Se queres colher a suave paz e o descanso, discípulo, semeia as sementes do mérito nos campos das colheitas futuras. Aceita as dores da nascença. Afasta-te da luz do sol para a sombra, para dares mais espaço aos outros. As lágrimas que regam o solo árido da dor e da tristeza fazem nascer as flores e os frutos da retribuição karmica.

Da fornalha da vida humana e do seu fumo denso, saltam chamas aladas, chamas purificadas, que, erguendo-se alto, sob o olhar karmico, tecem por fim o tecido glorioso das três vestes do Caminho.!”

A Voz do Silêncio
H. P. Blavatsky

Sem comentários:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin