"Somos como águias enjauladas; mas mesmo por detrás das grades podemos olhar os céus expansivos e extrair inspiração de uma estrela." Pensamentos para aspirantes- Sri Ram

Portugal


Neste dia cinzento que vagueia pela nossa bela cidade de Aveiro, que nos tenta a ficarmos no aconchego do lar, convido-vos a uma tarde diferente. Aceitar o convite da Nova Acrópole e assistirmos a um recital de poesia, música e tertúlia pelas 16 horas, nas suas instalações, com o intuito de celebrarmos o dia de Camões, Portugal e das Comunidades.
Para mais informações consulte o site:

5 comentários:

Sandra S. disse...

óhhh :,/ Perdi, não fazia a menor ideia.

Foi bonito? :) Imagino que sim.

um beijo

Phtah disse...

Estive nessa actividade e posso dizer que foi muito bom estar lá. Houve um clima familiar, mesmo estando pessoas que são estranhas à associação, um painel lindíssimo em azulejo retratando Camões que juntamente com outros elementos decorava o espaço, e quase todos se ofereceram para fazer uma leitura parcial em voz alta dos Lusíadas, essa grande obra-prima; intercaladas por várias explicações acerca da vida e obra de Camões. Cantaram-se diversas músicas portuguesas em grupo e a solo com o acompanhamento de uma viola dedilhada, fez-se um brinde a Portugal encerrando-se a actividade com momentos de tertúlia entre todos. Finalmente houve ainda um momento de relaxe no bar, para quem quisesse, já informalmente. Recomendo vivamente para passar o 10 de Junho. Quem não foi hoje, para o próximo ano, haverá concerteza oportunidade para isso. :)

sonho disse...

Devia ter sido lindo...
Beijo de um anjo

Azoth disse...

Um bem Haja

Phtah, Sandra e Sonho é sempre bom vê-las po cá.

Obrigado Phtah pela tua descrição. descreveste na integra o acontecimento, a restante experiência penso que só mesmo vivendo. Faço minhas as tuas palavras.

Nestas alturas, em que os média e grande parte dos acontecimentos só limitam por baixo a nossa humanidade, é bom saber que ainda podemos encontrar eventos que dignificam a nossa alma.

Phtah disse...

Obrigada Azoth pelo teu comentário. Sim, este espaço (a Nova Acrópole) é sempre um bom refúgio em que podemos desenvolver as nossas potencialidades e deixar expressar a nossa alma livremente com pessoas que o fazem igualmente, como o foi nesse dia, e em todas as outras actividades e aulas que lá ocorrem. Coisa rara nos tempos que correm. Deixo aqui também o meu muito obrigada a todos que lá estiveram e que tornam esse pequeno refúgio da alma possível.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin