"Somos como águias enjauladas; mas mesmo por detrás das grades podemos olhar os céus expansivos e extrair inspiração de uma estrela." Pensamentos para aspirantes- Sri Ram

Imbolc


Festa Celta cuja celebração desenvolve-se em torno da ideia de Purificação da Natureza. Celebra-se a meio do período que se compreende entre o Solstício de Inverno e o Equinócio da primavera, que calha aproximadamente por estas alturas de Fevereiro (1;2). Os rituais desta festa incorporam fogueiras e tochas e pode ser por esse motivo que até nós chegou a mesma festa cristianizada conhecida por Candelárias, onde se comemora a purificação da Virgem Maria, conhecida nesta quadra por Senhora das Candeias.

Entre o nosso povo ficou uma marca pagã destas celebrações; diz o ditado que no dia da Senhora das Candeias se pode prever o tempo que à de vir “Se a Senhora das Candeias está a Sorrir[referência ao sol] o Inverno está para vir. Se a Senhora das Candeias está a Chorar o Verão está para chegar”.

1 comentário:

Lena disse...

Teu blog é muito interessante! Deveras.
Venho agradecer a visita no poros. E claro, já que gostaste, volta sempre!
Abraço.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin