"Somos como águias enjauladas; mas mesmo por detrás das grades podemos olhar os céus expansivos e extrair inspiração de uma estrela." Pensamentos para aspirantes- Sri Ram

Prometeu

"Heinrich Fueger 1817 - Prometheus "


O mar abraçou o movimento
que flúi para ele na corrente do rio.
Deu morte à vida que do seu ventre saiu,
a rainha que governa o trono do tempo.

Ao abismo o gerado se lançou
e o divino inverteu o seu pensamento.
Nas águas projectou a imagem do templo
e na terra a sua vontade germinou.

Cresce pelo velado fio-de-prumo
a obra que segue o princípio
O desvio dissolve-se no início
pois a lâmina colheu-o fora do rumo.

Roubada foi a verdade criada.
Retirada ao céu, nas trevas se fez luz.
Abraça a morte na revelação que produz
à beira da estrada que deixou iluminada.

Sem comentários:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin